O sell-off contextualizado

16
862

Realizações em bull e bear-markets

Sell-offs são comuns nos mercados de alta (bull-market) e nos mercados de queda (bear-market). No bull-market a bolsa se recupera e faz novas máximas, enquanto no bear-market ela se recupera, para depois afundar e fazer novas mínimas.

Nos anos dourados da economia brasileira entre 2002 e 2008 a bolsa teve 6 realizações. Na média as quedas foram -21,5% e levaram quase dois meses para atingir o menor valor. Apesar das quedas, da mínima em 2002 até a máxima em 2008 a bolsa subiu ~800%.

Bull-Market de 2002 a 2008

Já no bear-market de 2010 ao início de 2016 as quedas foram maiores e mais duradouras.  A média das quedas que destacamos no gráfico foi -27,5% e algumas duraram até 9 meses. As recuperações foram sucedidas por novas quedas, atingindo -49% das máximas de 2010 até a mínima de 2016.

Bear-market de 2010 a 2016

O sell-off atual

De 2016 até o topo do mercado no início de 2018 a bolsa subiu +135% e não havia passado por correção maior que -13%. O sell-off atual atingiu -20,3% e dura pouco mais de um mês.

Sell-off de maio e junho de 2018

Em que mercado estamos?

Taxas de juros estimulativas costumam aquecer a economia. A baixa confiança dos empresários e consumidores ainda refletem a última crise. A falta das reformas essenciais atrasam a retomada. Por outro lado os ciclos econômicos são longos e as reformas caminham na boa direção. O ritmo pode ser mais lento que o esperado, mas a derivada ainda é positiva. Por essa razão, achamos que este sell-off tem sido uma típica realização de bull-market.

16 COMMENTS

  1. Olá, sou investidos no fundo Versa Fit. Só um comentário, eu trabalho na área alimentícia, representante comercial, atacado e varejo (pequenos mercados, supermercados). A reclamação é geral, queda nas vendas em quase todos locais que visito. Então eu vejo que algo não encaixa, já li em vários locais, alguns economistas mostrando visão positiva, melhora nos dados, recuperação da economia, etc., mas na “economia real” eu vejo justamente o contrário, uma piora. Até aconteceu uma leve melhora ano passado, mas nos últimos meses, a piora se intensificou. Seria algo particular do mercado em que trabalho ou tem algo que não está encaixando mesmo? Será que não estamos diante de uma piora que ainda não está refletida nos números oficiais? Eu sou leigo em economia, mas trabalho no dia a dia na economia real e sinceramente não vejo melhora. O que acham?

    • Cara concordo com voce nesse ponto de vista. Na economia do varejo as coisas pioraram em relação ao ano passado. Sendo que vemos muitas noticias de aquecimento e melhora geral na economia, mesmo o pib crescendo menos que o esperado.
      Esse ano esta pior as vendas que ano passado.

  2. Prezados, bom dia. Sou investidor do Versa tradicional. Entrei logo antes do fechamento de Fevereiro. No meu caso o resultado do fundo está no vermelho em cerca de 20% desde então. Claro que entendo que a volatilidade desse fundo é alta, mas a minha pergunta é se há uma previsão de quando o resultado do fundo voltará a ficar positivo. Obrigado. Alaim

    • Bom dia Alaim,

      Compreendo seu desapontamento com a perda recente. Infelizmente não conseguimos (e nem podemos) fazer previsão quanto ao resultado futuro.

      Atenciosamente,
      Marcus Vinicius

      • Marcus, ok, obrigado. Vamos torcer então para reverter o mais rápido possível.

        Atenciosamente,

        Alaim Assad

    • É sempre assim. Quando o mercado tá subindo, eles revisam pra cima. Quando cai, revisam pra baixo. A diferença do sell side (eles) pro buy side (nós) é que eles não perdem nada em estar errados.

  3. O versa tem perfil ” bull ” e neste período o fundo ” voo”. Assim, nas quedas do IBOV o fundo também sofre mto. Conforme já relatado pelo Luiz se tivessemos percebido esta mudança em 85k as posições short nos beneficiaria mais. Como continuamos otimistas e este otimismo se refletirá no médio/ longo prazo , difícil acreditar q td irá melhorar nos próx 3 meses. Pelo contrario, antes de melhorar deve cair um pouco mais.

    • um pouco não , vai cair muito : Lula fora da cadeia apoiando candidato; continuação de fuga de capital estrangeiro; juros norte-americanos aumentando; ausência de candidato pró-mercado com chances de vencer; guerra comercial EUAx resto do mundo; previsão de aumento de selic; dólar em escala ascendente; esqueci de algo??

      • Silvio, ações são fatias de empresas. Empresas são compostas por ativos e passivos. Br Properties, por exemplo, tem edifícios comerciais e galpões de um lado do balanço, e dívida no outro. Se todo esse cenário que você descreveu acontecer, quanto pode cair o preço de um escritório em São Paulo ou no Rio? O valor das ações na bolsa é equivalente a comprar os imóveis com ~30% de desconto. Na grande crise americana os imóveis caíram tudo isso? Alguma vez na história do Brasil imóveis caíram 30%? Se as ações caírem ainda mais, como você diz, será uma oportunidade melhor ainda para comprar. Essa é a diferença entre investir e especular. Isso é análise fundamentalista.

        O seu cenário pode acontecer ao contrário. Lula pode continuar na cadeia, a fuga de capital pode cessar, a curva de juros americana já parou de subir, e o candidato contra o mercado (Ciro) pode não ir pro segundo turno, a Selic deve ficar aonde está e o bacen pode continuar a segurar o dólar, como tem feito.

        Em 2008, no auge da crise, todos achavam que o mundo ia acabar. No impeachment da Dilma também. Foram as melhores oportunidades para comprar ações da última década.

        Um abraço,

        • É por essas e outras que não tiro meu capital desde fundo. Parabéns Luiz! Segura Aproveita as oportunidades …

  4. Acho a equipe do VERSA muito capaz, tem uma capacidade pra analise fundamentalista que poucos tem, mas o excesso de otimismo me deixa incomodado, economia patinando, e eleições sem previsão de bons candidatos pró-mercado.

    • Bernardo, é por essas razões que a bolsa caiu 20% em pouco mais de um mês. Pode cair mais? Sempre pode, mas na nossa avaliação as ações precificam essa incerteza e ficaram assimétricas: tem muito mais para subir do que para cair. Um abraço

      • Depende. Não existe Warren Buffett na Venezuela. Rezemos para que as eleições sejam bem-sucedidas (ainda há muita gente indecisa e suspeito que esses não vão se decidir pelo Lula ou Ciro). Talvez o momento seja mesmo para cautela até que haja alguma definição. Óbvio que quem apostar agora e acertar sai na frente, mas ser conservador e proteger o capital também não faz mal.

Comments are closed.