Bolsa é PIB?

1650

Como o crescimento econômico afeta os retornos no mercado de ações?

Como escrevemos no artigo “O que faz a bolsa subir?”, os preços das ações tem relação positiva com o crescimento de lucros das empresas. Na economia como um todo, os lucros corporativos podem crescer se o PIB crescer ou se a parcela dos lucros no PIB crescer. Por isso, o potencial de crescimento do PIB de um país é um fator importante para prever retornos no mercado acionário.

Podemos simplificar essa relação com a seguinte equação: ΔP = ΔPIB + Δ(L/PIB) + Δ(P/L) Ou seja, o preço das ações se beneficia de maiores crescimentos de PIB, participação crescente dos lucros no PIB e expansão dos múltiplos, nesse caso Preço/Lucro.

No longo prazo, no entanto, temos que reconhecer que a participação dos lucros no PIB deve ser estável, e a expansão/contração de múltiplos deve ser 0. Dessa forma, na teoria, no longo prazo, o crescimento do preço do mercado acionário depende apenas do crescimento do PIB.

Mas e nos últimos 10 anos, como o crescimento das bolsas pelo mundo se compara com o crescimento do PIB nominal?

Como pode ser visto na tabela, nem sempre a relação explicada acima se observa na prática. De acordo com Robert Arnott em um estudo conduzido nos Estados Unidos, o lucro real e o preço das ações tendem a ter uma relação mais próxima com o PIB per capita ao invés do PIB nominal.