Resultado Mensal (Agosto/21)

2218

Acesse aqui o material mensal completo

Em agosto a bolsa brasileira novamente teve um desempenho fraco em relação às bolsas mundiais. Nos EUA, o índice S&P 500 superou o recorde do final de julho, com alta de +2,90% no mês. Aqui no Brasil, o índice bovespa caiu -2,48%, ainda pressionado por ruídos políticos e pelo aperto das condições financeiras que ocorre na esteira da alta de juros sendo executada pelo banco central brasileiro. Como bem explicado pelo Tarik na última carta macro, acreditamos que houve certo exagero na alta recente dos juros no Brasil, considerando que boa parte das pressões inflacionárias recentes reflete gargalos de oferta, não relacionados ao custo do dinheiro e sim às medidas tomadas em relação à pandemia e ao cenário hídrico. Acreditamos que o cenário para juros deveria melhorar ao longo de 2022, o que nos motiva a manter a alocação dos fundos. Seguimos comprados em bolsa em todos os fundos. Nosso fundo macro (Tracker) mantém posição vendida na curva de juros e no dólar.

Assim como para o ibovespa, o mês de agosto foi novamente desafiador para os fundos da casa. Tivemos queda de -12,7%, -5,80%, -6,1% e -4,2% no Versa, Fit, Tracker e Charger, respectivamente. Os destaques negativos do mês foram as ações da Lojas Marisa (-14%), Via-Varejo (-18,6%), Guararapes (-12,5%), Vale (-9,3%) e General Motors (-13,8%). Do lado positivo, tivemos altas na Braskem (+14,3%), Ternium (+11,8%), Vivara (+6,4%) e Sabesp (+1,9%).

Finalizamos o mês com uma novidade. A Versa entrou no 3º IPO da sua história, o IPO do Grupo Vittia. Investimos na Vittia por acreditar que o preço do IPO não refletiu adequadamente o potencial de crescimento e rentabilidade da Cia. Mais detalhes aqui.

Equipe Versa

Resultado dos Fundos

Atribuição de Performance

Destaques Positivos

Destaques Negativos

Disclaimer: As opiniões, análises e informações contidas nesse artigo não constituem recomendação de investimento, nem tampouco material de oferta para subscrição, compra ou venda de títulos ou valores mobiliários, instrumentos financeiros, cotas em fundos de investimento ou qualquer produto ou serviço de investimentos. Declarações contidas neste artigo relativas às perspectivas dos negócios, projeções de resultados operacionais e financeiros, bem como referências ao potencial de crescimento das companhias citadas, constituem meras previsões, baseadas nas expectativas do analista responsável em relação ao futuro. Essas expectativas são altamente dependentes de fatores incertos, como o comportamento do mercado, da situação econômica do Brasil, da indústria e dos mercados internacionais. Portanto, cada declaração aqui escrita está sujeita a mudanças, e não deve ser utilizada como insumo para qualquer estratégia de investimento pessoal ou institucional. A Versa Gestora de Recursos Ltda., seus sócios e colaboradores, por meio dos fundos de investimentos da casa, podem ou não estarem posicionados em títulos e valores mobiliários de emissores aqui mencionados, de forma que eventualmente influencie nas opiniões e análises aqui presentes.