Você sabe o que é Venture Capital?

762

No artigo que escrevemos sobre Private Equity mencionamos que, entre as diversas estratégias de Private Equity, existem quatro tipos principais: (1) Leveraged Buyouts (LBO), (2) Venture Capital, (3) Development Capital e (4) Distressed Investing. O objetivo desse post é explicar um pouco mais sobre Venture Capital.

Venture Capital envolve investir ou financiar empresas privadas (não listadas) com um alto potencial de crescimento. Diferentemente dos LBOs que são focados em empresas maduras, o Venture Capital é mais focado em empresas jovens ou start-ups, mas o investimento pode ser feito em diversos estágios de maturidade da companhia. Via de regra, quanto mais jovem a companhia, mais riscos e desafios ela terá e por isso mais difícil de estimar como será o futuro da empresa e maior o retorno potencial requerido pelo investidor.

Devido a natureza do investimento em empresas ainda jovens, é muito comum que os portfólio dos fundos de Venture Capital invistam em muitas companhias. Em geral, conforme as empresas investidas vão amadurecendo, da para separá-las em 3 tipos: (1) as que deram errado, (2) as que geram algum retorno sobre o capital investido e (3) as grandes vencedoras. Normalmente a maior parte das empresas investidas acabam se mostrando ser do primeiro tipo, enquanto a menor parte se prova ser do terceiro tipo. Apesar disso, as grandes vencedoras geram um retorno tão elevado para o fundo que acabam por compensar o prejuízo gerado pelas empresas que deram errado. Na maior parte dos casos, uma única empresa que se torne líder em um mercado relativamente grande já é o suficiente para compensar o investimento frustrado em dezenas de outras empresas. Já as empresas do segundo tipo, quando olhadas individualmente geram um retorno sobre o capital adequado, mas os ganhos seriam insuficientes para compensar as perdas com as empresas que deram errado.

Mas como identificar uma empresa que vai ser a grande vencedora? A resposta para essa pergunta não tem um consenso, e cada fundo possui uma estratégia distinta para avaliar empresas. Fatores que são levados em consideração incluem o empreendedor, a equipe de gestão da empresa, o tamanho do mercado potencial, a qualidade do produto/serviço, competição e regulação no setor. É claro que existem diversos desafios, já que o tamanho do mercado pode não se desenvolver de acordo com o esperado ou então a regulação mudar de tal forma que inviabilize a atuação da empresa. Conforme o mercado e a empresa vão se desenvolvendo, as incertezas ao redor das estimativas vão diminuindo, e o fundo de Venture Capital é capaz de avaliar em qual dos 3 tipos a empresa investida se encaixa.